Ocorreu um erro neste dispositivo

Pesquisar neste blogue

As horas que forem:

segunda-feira, 11 de março de 2013

A RESPOSTA DO SR PRESIDENTE…

Este foi o conteúdo do email que me mandou a Presidência da

República Portuguesa…Li-o e tb ao Prefácio do LIVRO..e

--------------------Continuo no fim----------------

Se não visualizar correctamente esta informação, clique aqui.

Presidência da República Portuguesa

Prefácio do livro “Roteiros VII”

9 de março de 2013

Por ocasião do aniversário da sua tomada de posse para o segundo mandato, a 9 de março, o Presidente da República divulga o Prefácio de “Roteiros VII”, que reúne as suas principais intervenções públicas ao longo do último ano.

No Prefácio, o Presidente Aníbal Cavaco Silva aborda, nomeadamente, o modo como deve actuar um Presidente da República em tempos de grave crise económica e financeira, como aquela em que Portugal tem estado mergulhado nos últimos anos.

A divulgação integral de “Roteiros VII” ocorrerá posteriormente.



© 2013 Presidência da República Portuguesa

---- continuação----

   compreendo perfeitamente o Ponto de Vista do Sr Presidente que situa no tempo as coisas

duas datas são para ele importantes: 2005 e 2011… E aqui começa o erro de raciocínio de Sua Ex.cia

o Presidente…Teríamos que recuar ao celebre ano de 1991 …FOI AÍ que tudo começou… Uma maioria absoluta para o Prof Cavaco Silva e o PSD… Uma campanha eleitoral soberba…mas embora entrasse dinheiro a rodos da então CEE e mais tarde dos subsídios comunitários par a agricultura, para os têxteis e para as empresas em geral – formação profissional,subsídios a fundo perdido para modernização empresarial, etc,etc…abatimento de barcos de pesca, arranque de vinhas e outras culturas, redução de cotas leiteiras..and so on…

– e começaram  a aparecer os mercedes e os porches nas mãos dos agricultores e empresários…

   No entretanto uma outra casta de “portugueses” laboriosos e poupados…tentava comprar casa, com ou sem apoio bancário, ou aforrar as suas poupanças para no futuro adquirir uma propriedade pessoal ou beneficiar de uma vida menos difícil no futuro, quer para a sua aposentação quer para a vida dos filhos e netos…Muitos tiveram que emigrar para o conseguir… outros viram-se a braços com falências de empresas que lhes levaram os investimentos e até o próprio emprego…E tal foi acontecendo na construção civil e nos têxteis inicialmente…Depois foram os agricultores que pediram subsídios para a sua exploração que começaram a ver as suas terras e bens de produção a passarem para as mãos dos bancos… Os JUROS cresciam e os produtos sofriam a concorrência de todos os lados- no espaço comunitário e lá fora- sendo cada dia mais baratos…CLARO QUE FORAM OS BANCOS QUE MATARAM “A GALINHA DOS OVOS DE OURO”…

    E mais uma vez para salvar esses bancos assassinos de galinhas poedeiras e outras empresas igualmente parasitárias dessa outra casta de portugueses laboriosos e poupados, vem agora com esse discurso dourado e prefaciado persistir no erro …e criando um efeito multiplicador na “ganância” dos agiotas…   A solução senhor presidente, o senhor sabe qual é…certamente… só que ela não se enquadra nos ensinamentos da cátedra…É simples:

                                BAIXEM OS PREÇOS E OS IMPOSTOS !!!!

                                http://baixemosprecos.blogspot.com

Sem comentários:

Enviar um comentário